Dúvidas

Nessa página você encontrará dúvidas frequentes.

Não. Na modalidade EaD apenas existe V1, V2 e V3, esta última é a prova substitutiva da V1 ou V2.

Não. A V1 será composta de uma trilha de aprendizagem dividida em 4 avaliações formativas, sendo elas Metodologia Ativa 1 (MA 1), Atividade Prática Supervisionada 1 (APS 1), Metodologia Ativa 2 (MA 2) e Atividade Prática Supervisionada 2 (APS 2).

Os professores deverão divulgar os resultados de todas as avaliações formativas, no máximo, uma semana antes da data da realização da V2.

Trabalho de conclusão de curso (TCC) e os Extensão Integrada obedecem a critérios próprio consoante às normas de cada curso sendo definidas pela Coordenação do Curso, ouvidos o Núcleo Docente Estruturante (NDE) e o Colegiado do Curso, nos termos de Resolução específica.
A V3 não será aplicada às disciplinas de Trabalho de Conclusão de Curso e Projetos Integradores, por terem caráter construtivo e dependente da orientação docente.

A segunda verificação (V2) será uma prova com questões discursivas e objetivas, realizada no AVA, composta de todo o conteúdo abordado no semestre e valerá 10,0 pontos. A realização será conforme calendário acadêmico do EaD, com data e horário disponibilizados no AVA. Não se preocupe, pois seu professor irá direcionar o conteúdo desta avaliação!

Para os cursos de graduação da modalidade EaD, a avaliação do desempenho é feita por disciplina, incidindo o aproveitamento, tendo, no mínimo, duas notas (V1 e V2 ou V1, V2 e V3), no semestre (para cada uma das disciplinas), compostas por avaliações formativas e somativas, sendo aprovado o aluno que obtiver média maior ou igual a 7,0 pontos.

A nota da 1° verificação (V1) será o resultado do conjunto de avaliações parciais formativas, sendo duas atividades Práticas supervisionadas (APS1 e APS2) e duas Metodologias Ativas (MA1 e MA2), valendo 2,0 (dois) pontos cada uma das 4 atividades. Ao somatório das 4 atividades (que tem um total de até 8,0 pontos) será acrescido 20% do valor da 2° verificação (V2) que vale 10,0 (dez) pontos.

Se o aluno fez as 4 atividades com excelência, obtendo os 8,0 pontos, e na V2 (que vale 10,0) ele gabaritou ficando com 10,0:
Nota da V1 = 8,0 + 2,0 = 10,0   e   V2 = 10,0.
Soma = 20,0 pontos, logo está aprovado com média 10,0.

Se o aluno fez as 4 atividades com excelência, obtendo 8,0 pontos, e na V2 (que vale 10,0) ele obteve 5,0 pontos:
Nota da V1 = 8,0 + 1,0 = 9,0   e   V2 = 5,0.
Soma = 14,0 pontos, logo está aprovado com média 7,0.

Se o aluno fez as 4 atividades, obtendo 5,0 pontos, e na V2 (que vale 10,0) ele ficou com 7,0 pontos:
Nota da V1 = 5,0 + 1,4 = 6,4  e  V2 = 7,0.
Soma = 13,4 ficando com média 6,7. Assim, o aluno deve fazer a V3 que vai substituir a menor nota, no caso a da V1.

Atenção: A nota da V3 só substituirá a menor nota entre V1 e V2, caso seja maior que uma das duas.

Se o aluno fez parte das atividades da V1, obtendo 4,0 pontos, e na V2 (que vale 10,0) ele ficou com 4,0:
Nota da V1 = 4,0 + 0,8 = 4,8  e  V2 = 4,0.
Soma = 8,8 ficando com média 4,4. Dessa forma será necessária a realização da V3 que vai substituir a menor nota, neste caso a da V2.

Se o aluno não fez ou não obteve nota nas atividades da V1 e na V2 (que vale 10,0) ele ficou com 5,0:
Nota da V1 = 0,0 + 1,0 = 1,0  e  V2 = 5,0.
Soma = 6,0 ficando com média 3,0. Dessa forma será necessária a realização da V3 que vai substituir a menor nota, neste caso a da V1.

Se o aluno não fez ou não obteve nota nas atividades da V1 e na V2 (que vale 10,0) ele ficou com 3,5:
Nota da V1 = 0,0 + 0,7 = 0,7 e  V2 = 3,5.
Soma = 4,2 ficando com média 2,1. Dessa forma será necessária o aluno repetir a disciplina, pois nem com a nota da V3 consegue somar 14,0 pontos ou obter média 7,0 entre as duas maiores notas de V2 e V3.

  • Compreender o processo de aprendizagem do estudante;
  • Verificar o nível de aprendizagem individual e coletiva em cada disciplina e a evolução do desempenho do aluno ao longo do período;
  • Verificar os avanços e dificuldades do estudante no processo de construção e de recriação do conhecimento, em função do trabalho desenvolvido;
  • Fornecer aos professores elementos para uma reflexão sobre o trabalho realizado;
  • Possibilitar ao estudante tomar consciência de seus avanços e dificuldades, visando ao seu envolvimento no processo de ensino aprendizagem;
  • Fornecer informações ao aluno sobre seu desempenho para que possa tomar medidas em prol de uma melhor aprendizagem;
  • Incentivar a autonomia do estudante e a adaptação a situações adversas causados por fatores que impeçam a metodologia tradicional;
  • Servir como indicador para a Avaliação Institucional.

Respeitadas as disposições do Regimento Geral relativas às normas de trabalho de conclusão de curso, será considerado aprovado e, consequentemente, dispensado da 3ª verificação (V3), o aluno que tiver somado 14,0 pontos nas duas avaliações (V1 e V2), ou obtiver nota igual ou superior a 7,0 (sete) pontos da média entre V1 e V2. 
Se submetido à 3ª verificação (V3), será considerado aprovado o aluno quando a média das duas maiores notas (V1 e V3 ou V2 e V3), produzir média aritmética simples, igual ou superior a 7,0 (sete) pontos.
Não alcançando o valor mínimo para aprovação, o aluno será reprovado e deverá repetir a disciplina.

Se o estudante não realizar a segunda verificação (V2) ele terá direito a V3 desde que tenha realizado as atividades da V1, e os 20% que faltam para compor a nota da V1 virão da V3, que terá o mesmo valor da V2 (10 pontos) e que também abordará todo o conteúdo do semestre.

Sim. A partir de atividades formativas (APS1, APS2, MA1 e MA2) propostas por cada professor para cada disciplina, o aluno desenvolverá estas atividades no AVA ou as postará nele, em datas definidas pelo calendário acadêmico do EaD.