Olimpíada Brasileira de Geografia

2017-09-06 00:00:00.0 - Ethel Riscado

O Colégio Redentor está participando da Olimpíada Brasileira de Geografia - OBG 2017. Alunos do Ensino Fundamental 2 e do Ensino Médio compõem a equipe que vem alcançando grandes resultados. Na primeira fase, realizada entre 05 e 15 de agosto, os alunos alcançaram 90% de acertos na prova. Já na segunda fase, que ocorreu de 21 a 28 de agosto, o resultado foi de 93% de aproveitamento. A classificação final será divulgada até o dia 10 de setembro.

A Olimpíada Brasileira de Geografia é um evento nacional que reúne alunos de todas as escolas, particulares e públicas, do Brasil. Participam os estudantes que estão cursando o 9º ano Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio. Os temas abordados envolvem Geografia e Geociências.

As equipes são formadas por um professor coordenador e 3 alunos. O Colégio Redentor está representado pelo professor Uenes Macêdo e seus alunos Julia Morandi Almada Miranda (9º ano), Lucas Lopes Amorim (1ª série) e Felipe Morandi Almada Miranda (3ª série).

“Gostaria de agradecer à diretora Eliane Azevedo e à equipe pedagógica que abraçaram a ideia, no primeiro momento,  que a trouxe.  Isso só ressalta a valorização e  a confiança no professor desta instituição. Meu respeito, também, para toda a nossa equipe que trabalha, de forma incansável, na busca de novos conhecimentos e novas formas de aprendizagem, culminando em novos saberes. Essa fase da OBG salientou a capacidade de análise e interpretação dos fenômenos geográficos e geocientíficos, contribuindo para o processo de ensino e aprendizagem desses jovens guerreiros e, sem dúvida, para a sua formação como grupo e cidadãos colaborativos, capazes de trabalhar em equipe”, ressaltou o professor Uenes Macêdo.

De acordo com a organização do evento, “os estudantes participantes da olimpíada deverão demonstrar a sua capacidade de análise e interpretação dos fenômenos geográficos de modo integrado, rompendo com o dualismo: geografia física x geografia humana, que deve estar expressa nas metodologias de ensino e aprendizagem contidas na formação desses estudantes”.

O professor coordenador salientou ainda que “a OBG criou um espaço colaborativo e contribuiu para o crescimento e difusão de boas práticas de ensino na instituição. O clima cooperativo e o clima de competição acabaram atingindo outros educandos que já se interessaram pela participação no evento no próximo ano”.

A Olimpíada tem como objetivo discutir, dentro das várias instituições participantes, a importância social do ensino de Geografia. Além disso, segundo os organizadores, aproxima os estudantes, estimula a aprendizagem e o diálogo, aproximando professores e alunos.